quinta-feira, 18 de setembro de 2008

O exercício que tenho feito é me auto censurar. É bem verdade que não tem surtido efeito ao meu redor, mas parece que eu me sinto mais aliviado fazendo isso. Não sei se isso é sincero, se é o que deve se fazer quando o objetivo é mudar a tua relação com o mundo, mas faço. Os tropeços tem acontecido em graaande escala mas eu paro e começo a ver que até certo ponto, lamentar é ficar batendo sempre na mesma tecla. Os desafios que eu decidi enfrentar nos próximos tempos são grandes - se de fato acontecerem -, no entanto são os que vão me levar à algum lugar. Ou de volta a estaca zero, ou pela primeira vez à uma posição de perspectiva concreta. Eu me pergunto, o que dá pra mudar. Dá pra enfrentar a matemática? Dá pra enfrentar tua personalidade? Dá pra enfrentar o caos e achar tudo isso bom? Veremos.

Um comentário:

Um passo além disse...

Se dá ou não, não sei. Como saber tu e tudo mundo sabe.