quinta-feira, 3 de julho de 2008

Eram três da tarde quando entrei no banheiro. Eu como sempre, estava com dor nas costas, resultado de horas sentado em frente ao computador. Nos dias que eu tinha bastante coisas a fazer, a dor nem incomodava.Mas tinha dias que eu ficava ali, de site em site procurando algo interessante. Era um daqueles dias. Cansado de ficar lendo sobre futebol, ou vendo fotos no orkut, fui ao banheiro, e eram três da tarde.Por um instante me olhei no espelho, e depois pensei que, eu poderia sentar ali no chão e passar o tempo aceitável que alguém ocuparia um banheiro, descansando. Então, ali no chão frio me sentei, fechei os olhos e imaginei coisas aleatórias. Lembrei que era sexta-feira, lembrei que chovia. Lembrei do meu salário, e o que eu queria economizar. E depois pensei que já não eram mais três da tarde, nem vi quando tempo tinha passado. Eu não tinha relógio, o celular tava na mesa, e tanto fiquei pensando que quando abri os olhos estranhei a luz. Levantei,torci pra que tivesse ficado só o tempo aceitável no banheiro, não mais. Lavei o rosto e saí. Estranhei que todos os meus colegas tinham saído de suas mesas, e fui até a cozinha. Talvez tivesse alguma coisa pra comer, e aí, todos se reuniram lá.Engraçado é que, quando eu entrei na cozinha não tinha ninguém. Então, pensei que já passava das cinco e meia da tarde, todos já deveriam ter ido embora.E eu, ali trancado no escritório, era o que me faltava!
Corri da cozinha pra minha sala, computadores desligados, lâmpadas apagadas.Liguei o computador, mandei um SOS no orkut, mas ninguém respondeu.
Eis que me aparece uma mulher: Vestido vermelho, cabelos e olhos castanhos, usava brincos de argola e um sapato prata!Olhei pra ela, não a reconhecia, nunca tinha a visto, quando ela disse:
- I remember you!
e eu: - What?
e ela: - Vai fazer essa barba, porco!

Acordei às 4h da manhã. E peguei o barbeador.

4 comentários:

Um passo além disse...

E chegou a fazer a barba?

Cristian Schnidger disse...

calma rapaz, quem disse que a história acabou?

Opiniões disse...

Muito iarada essa descrição meu amigo.
rsrsrsr
Ah, eu adorei seu blog.

Bier disse...

"Fluxo de Consciência" - Esse é o nome do recurso descritivo que você usou nesse texto, meu amigo.

Parabéns!
Mais um que vai ganhar assunto na sala de aula.